Óleo Essencial Basil (Manjericão) Tisserand (9ml)

Antispasmódico, diurético, expectorante, tônico, calmante. Atua contra dor de garganta, má-digestão, prisão de ventre, cólica, ansiedade e insônia O óleo essencial tem uma elevada proporção de cânfora e um aroma ativo, quente, doce-picante. É um tônico leve, refrescante e estimulante, aumenta a memória, Restaurador, estimulante geral, antiespamódico, emenagogo, tônico estomacal, tônico digestivo, anti-séptico intestinal, carminativo, antiinfeccioso, antibiótico. Em aromaterapia, é utilizado para insônia nervosa, ansiedade e cansaço, picadas de inseto, enxaqueca, dores, distensão muscular e má circulação. Estado nervoso fraco, cansaço mental, dor de cabeça, tensão, estresse, espasmo muscular, concentração, preguiça física e mental Refresca a mente aumentando a concentração, repelente de insetos, gripes, resfriados. Recomendado pela literatura francesa de aromaterapia para hepatite.

FICHA: BASÍLICO é outro nome pelo qual este óleo é conhecido (BASIL em inglês).

PELE: Acção refrescante, puricadora e tónica. Pode ajudar em casos de acne e tem-se revelado útil no tratamento da celulite.

MENTE E EMOÇÕES: Afasta a tristeza graças ao seu efeito revitalizante e refrescante. Ajuda na fadiga intelectual e aprimora a concentração e os sentidos. Equilibra os distúrbios nervosos. Levanta o ânimo em casos de depressão.

USO FÍSICO EM GERAL: Asma. Problemas de aleitação. Febre dos Fenos; alergias em geral, relacionadas com o stress. Distúrbios digestivos. Prisão de ventre. Soluços. Puricador dos rins e intestinos. Ajuda a regular a menstruação e a vigorar os músculos cansados através da estimulação do uxo sanguíneo. Útil em casos de gota e artrite, ajudando a baixar o nível de ácido úrico no organismo. Há séculos que é considerado um afrodisíaco.

USO ESPIRITUAL: Na Índia é considerada uma planta sagrada que dá proteção espiritual e física. Alguns místicos usam este óleo para puricação, do seu próprio ser e do espaço, quando executam exorcismos. O manjericão foi, durante séculos, considerado um afrodisíaco e com participação muito importante na maioria dos rituais. Pensava-se que afastava os espíritos malignos e ainda hoje é usado no chapéu, para repelir insetos nos climas mediterrânicos. Na medicina ayurvédica é chamado de Tulsi, consagrada na Índia a Krishna e Vishnu.

OUTROS USOS: Repelente de insectos. OBS.: Em grego basilikos signica REAL e crê-se que este óleo foi usado para ungir reis. Na Índia, acredita-se que contém uma essência divina, sendo por isso consagrado a Krishna e Vishnu. Na China é usado para problemas de estômago e rins. Diz uma lenda, que o Manjericão cresceu ao redor do túmulo de Cristo após a sua ressurreição, por isso, ainda hoje é usado nas igrejas ortodoxas gregas, para preparar a água benta. Sinergias: Mistura-se bem com os óleos: lavanda, eucalipto, menta, bergamota, laranja, citronela

CUIDADOS: Evitar usar durante a gravidez. Se usado em excesso, pode provocar sonolência.